ADEQUANDO BOLHAS P/ CAMPEONATO

15/07/2009 15:47

ADEQUANDO ÀS NORMAS DE CAMPEONATOS!

Esta matéria é destinada a todos hobistas do automodelismo radiocontrolado que vão competir pela primeira vez e não sabem como proceder com suas bolhas para as deixarem dentro das normas técnicas, a principal vilã por desclassificação em corridas!

Tiraremos por base, os regulamentos do paulista e AARC 2008 GP onroad escala 1/10.

 

ESCOLHENDO O MODELO:

As bolhas permitidas, são as tipo SEDAN TURISMO, 2 ou 4 portas. Entenda-se por SEDAN, um carro que possua 3 volumes, ou seja, capô dianteiro, carroceria e porta malas traseiro. Ficando assim PROIBIDO bolhas como Fusca, Focus, Mini Cooper, etc. TURISMO a grosso modo, significa uma bolha similar à um carro de rua, EXCLUINDO protótipos, carros tipo Fórmula, etc.

Existem várias bolhas no mercado que podem ser usadas, das quais podemos citar MAZDA 6, DODGE STRATUS, NEMESIS, etc.

RECORTANDO A BOLHA:

Uma bolha nova, vem semi-pronta para uso, precisando de recortes, pintura, furações e etc.

Bolha nova Dodge Stratus 3.1, ainda em seu estado cru!

Ao fazer o recorte da bolha, tome muito cuidado com as linhas que delimitam a carroceria em si em todo seu contorno. Existe uma espécie de vinco ou dobra em todas as bolhas, aonde se caracteriza o limite da carroceria. NUNCA CORTE SOBRE A LINHA OU ACIMA!.O recorte deve ser feito abaixo dessa linha, de preferência 2mm para baixo.

Exemplo de recorte mal feito, sobre a linha do vinco! Exemplo de recorte feito corretamente, onde a marca do vinco é bem visível!

Cuidado também, para não recortar demais o pára-choque traseiro, pois mais pra frente verão que ele também pode prejudicar a vistoria.

Dentre as bolhas existentes no mercado, algumas possuem um acabamento ruim exatamente nessa linha que envolve toda a carroceria, atente para isso na hora de comprar.

FURANDO A BOLHA:

O pára-brisa pode ter apenas UM FURO de captação de ar de no máximo 60 mm de diâmetro! Pra não correr riscos, faça um furo com até 58 mm. Use um compasso ou mesmo alguma tampa de circunferência inferior a 60 mm para marcar o furo.

Exemplo de furo dentro dos limites!

Alguns carros possuem o tanque deslocado para o meio, sendo necessário um furo que vai do para brisa até o teto. Se for este seu caso, este furo não pode exceder a 50mm!

O furo de acesso à vela pode ter no máximo 35 mm de diâmetro. Cuidado, algumas pessoas mais afobadas esquecem desse furo e matam a bolha! Vá alargando o furo e com o auxílio de um paquímetro vá medindo.

Alargando o furo com o auxílio de uma Dremel! Cuidado! Furo dentro do limite de 35mm!

As Janelas laterais DIANTEIRAS e o para brisa TRASEIRO podem ser removidos por completo para ventilação! Mas cuidado, os furos não devem atingir a região da borracha de vidros! Só recorte os “ vidros”! As JANELAS LATERAIS TRASEIRAS devem permanecer INTACTAS!

Detalhe das janelas dianteiras recortadas e as traseiras intactas! Detalhe do para brisa traseiro recortado!

Um furo para a ANTENA, um para o ESCAPAMENTO e, um para o TRANSPONDER podem ser feitos. Mas sem exageros, os fiscais sabem o tamanho necessário para esses furos! Além dos furos dos postes, sem os quais não fixaríamos a bolha no carro.

MONTANDO A BOLHA NO CARRO:

Ao pintar a bolha, não deixe cair tinta nas janelas. Todas janelas devem ser totalmente transparentes e sem qualquer pintura!

Com a bolha já devidamente pintada, recortada e furada, vamos colocá-la no carro. Para regular a altura correta da bolha no carro, alguns pilotos mais experientes fazem assim: Coloque o carro sobre uma superfície lisa (pode ser a mesa de setup) e instale a bolha. Regule a altura da bolha em relação ao carro, de um modo que abaixando o carro até o chassi encostar no chão, a carroceria fique o mais próximo do chão sem encostar. Verifique isso tanto na dianteira quanto na traseira.

Detalhe: o chassi encosta no chão mas a bolha não!

Pode ser que, mesmo depois de regular isso, vc deva alterar a posição dos calços dos postes para adequar a bolha aos limites de altura e furações, explicaremos mais adiante. Muito importante, nenhuma parte do carro, exceto a saída do escape, postes e antena deverá ser visível fora da carroceria quando o modelo for observado por cima!

Exemplo de bolha montada no carro, onde nada além de postes e antena saem para fora!

AEROFÓLIO:

O Aerofólio é bem complexo, devemos tomar bastante cuidado com ele. Deve ter no mínimo 125 mm e máximo 200 mm de largura!

As laterais das asas, podem ter no Maximo 35 mm de altura e 50 mm de comprimento!

Altura da asa! Comprimento da asa!

Ao instalar o aerofólio no carro, atente para o seguinte: O EXCESSO DE ASA TRASEIRA não deve ser superior a 10 mm, medidos a partir do porta malas da carroceria. Existem várias maneiras de medir isso, eu prefiro apoiar um bloco de 10 mm no porta-malas, outro bloco sobre o anterior, e apoiar o aerofólio no bloco, para que o mesmo não exceda os 10 mm.

MEDINDO A BOLHA:

Pegue 2 blocos de 10 mm (podem ser usados os blocos de Down Stop de mesa de setup, ou quelquer outro calço, desde que tenham 10 mm) e coloque sobre uma sperficie lisa, plana e no nível, e ponha o carro sobre os blocos!

Detalhe de superfície plana e no nível!

Meça com o auxílio de uma régua ou paquímetro, a altura da parte mais alta do teto em relação à mesa. O limite mínimo é de 120 mm e o máximo 175 mm. Se estiver abaixo do mínimo ou acima do máximo, regule a posição dos calços dos postes novamente!

Ainda com o carro sobre os blocos de 10 mm, pegue o paquímetro e meça a altura do recorte do pára-choque traseiro em relação à mesa. Essa medida não pode ultrapassar 50 mm.

Agora vamos medir o nível da carroceria. Primeiro, pegue um nível (estes de pedreiro mesmo) e veja se a mesa aonde vc está trabalhando está no nível. Se estiver fora, mude de mesa até encontrar uma perfeitamente plana!
Pegue o nível, e meça da parte mais alta do teto da carroceria até todos os pontos mais altos da asa traseira do aerofólio. A carroceria deve estar no nível, ou com a parte traseira (o aerofólio) mais baixa que o teto, NUNCA a traseira mais alta.
Se a traseira estiver muito mais alta, terá que mexer na fixação dos postes. Geralmente se vc recortou e mediu tudo certinho até aqui, terá apenas que recortar ou desbastar um pouco a asa traseira até chegar no nível certo!

Medindo o nível!

 

Aparando a traseira da asa para chegar no nível certo!

Agora vamos medir a corda. A corda é a medida entre a parte mais alta da asa traseira com relação à base do aerofólio. Essa medida deve ter no máximo 50 mm, e vale para toda extensão do aerofólio.

Medindo a corda na ponta! Medindo a corda no meio. Meça em toda a extensão do aerofólio!

Se até aqui vc fez tudo certo e tudo bateu menos a corda, recorte ou desbaste um pouco na base do aerofólio até que a medida da corda atinja 50 mm no máximo!

Aparando a asa inferior para atingir os 50mm de corda!

UFA! Está pronto! À primeira impressão ao adequar uma bolha para competições, é que parece ser difícil. Mas com o tempo e a prática, se torna fácil e agradável. Mas não esqueça, que o fiscal de prova examina tua bolha inteira em questão de segundos! E se algo estiver errado, ele vai te desclassificar!



Espero ter ajudado!

matéria atualizada em Janeiro de 2008

 

Criscareca.

FONTE: http://www.aarcdoabc.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=108&mode=&order=0&thold=0